quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

As Portas - The Doors - Las Puertas


Portas para entrar, portas para sair, fechadas, abertas, entreabertas e tombadas pelo tempo..
Portas de madeira, ferro, madeira e ferro, coloridas, descoloridas, enferrujadas e abandonadas, quantas vezes lhes damos a mão, quantas vezes damos com o nariz na porta.. Portas, qual delas é a minha, a que me leva aos meus mundos???
--

Il Padrino...



Passeando pelas ruas de Sitges numa tarde domingo, começa a soar um som familiar, ao longe, aproximo-me, sigo a melodia, a musica do filme O Padrinho - The Godfather - tocada por um acordeão à porta de um edificio antigo junto ao mar, o eco dessa canção tão conhecida levava a minha imaginação até algumas cenas do filme.. imaginando Sitges de repente cheia de mafiosos Italianos... e o musico com o seu traje negro parecia um amigo de Don Corleone.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Lar doce lar - Home sweet home - Hogar dulce hogar


Casa numa rua cheia de prédios..centro de Bracelona.
Caminhando por uma das ruas do Raval, Barcelona, vejo que há um vazio entre dois prédios, há um muro velho e uma porta de madeira improvisada, espreitando por cima do muro o que se vê é esta casa, um pedaço de terreno que resiste ao mercado imobiliário.. o lar doce lar de alguém que ocupa este espaço enquanto a burocracia avança.